quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Num sonho sonhei

Num sonho sonhei
C'um reino distante
Onde eu era rei,
Sábio governante.

Imensa a beleza
Do meu lindo alcácer
Forrado a riqueza,
Fonte de prazer.

Canções escrevia
Em terras de paz,
Salmos de harmonia
Lírica, loquaz.

Sublime a coroa
D'oiro rutilante,
Brilhando-lhe à proa
Belo diamante.

Em outro que tive
Era eu um mendigo
Muito mais feliz
Por sonhar contigo.

2 comentários:

DarkViolet disse...

Tens um sonho na mão, por isso o rei e o mendigo são felizes

Um Olhar disse...

Admiro a lucidez dos teus poemas. És portador de uma abençoada visão e isso dá resultados destes, muito bonito este teu "Sonho".

Uma boa semana,
Bjo
Fatima