quinta-feira, 4 de Setembro de 2008

Quadras de amor

De manhã, um beijo te deixo,
De tarde, te deixo um beijo.
O teu beijo num ensejo
Inflama-me o desejo.

Ilumina com pompa o ar
Um cometa cheio de luz.
É como o brilho do teu olhar
Que me enlouquece e seduz.

Arde-me este ardor tamanho
Que me inflama tão profundo
Pois o amor que te tenho
É do tamanho do mundo.

És pétalas de fina rosa
Num florescer matinal
Que deixa a rua cheirosa
Com fragrância sem igual.

O céu de estrelas se pinta
E a lua sorri contente
Sempre que te vejo tão linda
No meio de tanta gente.

És a mais bela flor
Que eu guardo em meu jardim
Regada com o teu amor
Que me faz feliz assim.

És minha doce paixão
Desde o dia em que te vi.
Trago-te no coração.
Ainda não te esqueci.

Se fosse eu pérola do mar
Azul profundo, terno leito,
Enfeitava um belo colar
Para tu trazeres ao peito.

Sérgio O. Marques

Sem comentários: